Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2015

Peruíbe quer desenvolver o Turismo Rural

Imagem
     Cachoeiras, rios, matas preservadas, culinária típica, atividades equestres, pesqueiros, observação de pássaros, hospedagem, lazer e esportes de aventura são algumas das opções para quem visitar  a Zona Rural de Peruíbe/SP.      A região é grande e riquíssima e é por isso que alguns proprietários, juntamente com o apoio do poder público, uniram-se para oferecer mais uma opção para quem visita a cidade. A reunião de hoje foi realizada no Sítio do Costinha.       Neste primeiro momento, participam da proposta o Sítio do Costinha, Haras Bagdá, Pesqueiro Chapadão do Bugre, Pesqueiro Girassol, Pimentão Vermelho, Sítio do Cabeça, PEC Ambiental, Piscigranja do Guanhanhã, Sítio do Sidney, Sítio São Jorge, Parque Estadual da Serra-do-mar - núcleo Itariru, IECO Mata Atlântica, Monitores Ambientais, CATI e a Prefeitura de Peruíbe.      O produto final vai ser lançado no Seminário de Turismo Rural de Pedro de Toledo  e também no Fórum de Economia Solidária da Baixada Santista.

Recreio Santista pode ficar sem saúde

Imagem
Após fechar a Maternidade e o Pronto Socorro e mesmo com o péssimo atendimento dado aos peruibenses que frequentam a UPA, a Prefeitura de Peruíbe está prestes a fechar a UBS do Recreio Santista. A situação por lá é inacreditável e parece piada de mau gosto, pois o posto de saúde pode fechar por que a Prefeitura não paga o aluguel do prédio. Segundo o apurado pela reportagem do Programa Na Mira , exibido pela TV Vale das Artes , a dívida do aluguel chega a um ano e seis meses e que alguns moradores já se mobilizam para pedir apoio nas redes sociais. O apresentador do programa, Cristen Charles, usa do humor com muita habilidade, para chamar Peruíbe de “Cidade do Seu Madruga” , em referência ao famoso personagem do seriado do Chaves que vivia devendo o aluguel. O programa mostrou que o local está com mato na calçada e um banheiro abandonado, que fica do lado de fora. Maria Antonia é moradora das imediações e não gostaria que o local fosse fechado. “Nós lutamos tanto par

A moda agora é observar borboletas

Imagem
O Jornal BEM-TE-VI traz uma novidade para este ano de 2015 e também para a cidade de Peruíbe. Trata-se do Butterfly watching (observação de borboletas) , em substituição ao birdwatching, sucesso absoluto na página dois do nosso jornal.  Antes, uma breve explicação para esta mudança: Fomos os primeiros a falar de pássaros em Peruíbe. Além de colorir as páginas de nosso jornal com belas fotografias, tínhamos o trabalho de identificar as espécies, mostrar aspectos, costumes e curiosidades da ave.  Com a nossa experiência de campo, contávamos para os leitores de Peruíbe onde a espécie pode ser encontrada na cidade e em qual bairro é possível vê-la.  Após o nosso trabalho de dois anos, vemos outras pessoas seguindo a mesma trilha e dando continuidade ao nosso trabalho. Portanto, acreditamos que o segmento está em boas mãos. Como o mercado pede mudança e respeitando a identidade inovadora do Jornal, lançamos, nesta edição o Butterfly watching e esperamos agradar ao nossos leito

Bem-Te-Vi fotografa imagens rupestres na Juréia

Imagem
      Já não basta toda a beleza e a importância ambiental que a Juréia tem e mais a riqueza cultural  caiçara, o Jornal Bem-Te-Vi fotografou desenhos rupestres no Maciço da Juréia. Provavelmente, elas foram feitas pela natureza, com o passar do tempo mas, para tirar dúvidas, o leitor vai conhecer a opinião de alguns profissionais sobre o assunto.      As imagens são grandes e estão no alto do morro. Uma das imagens lembra um peixe e é conhecida dos caiçaras que a chamam de “Cabeça de Caratinga”, tipo de peixe com formato parecido com o desenho.       Em uma das outras, é possível ver um animal com patas, orelhas, cabeça, corpo e até o olho. Ainda há uma imagem sobreposta que lembra uma ave pré-histórica, deixando-a conotativa.       Para a blogueira Marta dos Santos, a imagem é intrigante e pode ter sido  feita por povos antigos ou de outros planetas. “A região é muito rica e pouco explorada. Isso mostra que tem mais coisas para serem descobertas na Região da Juréia ”, afirm

"Aqui no camping os seres aparecem com frequência"

Imagem
Camping do Sossego é um local que talvez poucos conheçam ou tenham ouvido falar em Peruíbe.  Fica perto da cachoeira do Paraíso, na Estação Ecológica Juréia-Itatins. Um bar simples, com mesas de sinuca mostram a frente do camping que possui espaço para acampar e quartos para alojamento.  Uma fonte confiável do jornal conheceu o Camping do Sossego pelo boato de que seres de outra dimensão apareciam no local.  Quando comecei a bater palmas, saíram os cachorros que começaram a latir e vir até nós. Eu estava com o jornalista Márcio Ribeiro, juntos conhecemos dona Maria, uma senhora alta, branca, com vestido longo, querendo saber o que queríamos ali. Ao nos identificarmos, ela começa a contar uma história tão impressionante que não demorou para os gravadores gravarem todas aquelas palavras. “Eles protegem a gente aqui. Quem é do bem acaba voltando, quem vem para explorar e não for boa pessoa, eles acabam expulsando para nunca mais voltar” , dizendo sobre os exploradores que já

Professores em greve fazem passeata em Peruíbe/SP

Imagem
      Os professores da rede estadual de ensino, que atuam em Peruíbe/SP, farão uma passeata nesta quarta-feira, 1º de abril, no Centro da cidade, em apoio a greve estadual que começou em meados de março.         O objetivo é reivindicar junto ao governo paulista o aumento do salário para 75,33%, melhores condições de trabalho, desmembramento de salas super lotadas entre outras coisas.         Parados desde o dia 13 de março, muitas escolas estão completamente sem aulas, enquanto em outras os alunos têm uma ou outra, ficando a maior parte do tempo ocioso no pátio.        Joana da Silva, mãe de aluno e dona de casa, diz que gostaria que os problemas fossem logo resolvidos e diz estar muito prejudicada com a greve dos professores. " O governo tem que resolver logo isso. Não tenho tempo para ficar com o meu filho em casa. Ele tem que ir para a escola" .         Maria Célia é diarista e diz que se solidariza com os professores em apoio a greve. "Nem estou mandando