Postagens

Mostrando postagens com o rótulo História de Peruíbe

Objetos voadores assustam moradores de Peruíbe

Imagem
Momentos de terror passou o músico Aparecido  Martins, quando voltava de Itariri, no começo deste ano. Era mais de três horas da manhã quando ele trafegava pela estrada Peruíbe-Ana Dias completamente deserta.  De repente, uma forte luz iluminou toda a pista e ficou  parada  em  cima  de  seu carro.  “Era uma bola muito forte de luz que impedia que eu olhasse diretamente para ela. Comecei acelerar o carro com medo e aquela coisa me seguiu até o Veneza, quando sumiu para o alto em velocidade.  Não sei como não causei um acidente” , falou.  Martins  disse  que  não percebeu como era o formato da luz e o que emitia a claridade, mas ficou muito assustado e hoje evita trafegar em locais escuros e desertos. Um caso mais recente e, semelhante a história de Aparecido, é a de um casal que viu uma bola de luz branca que brilhava forte, na praia de Peruíbe.  O casal mora em Peruíbe e viram o objeto luminoso do bairro Arpoardor. “Era de madrugada, por  volta das 4 horas da manhã.Estav

Bem-Te-Vi fotografa imagens rupestres na Juréia

Imagem
      Já não basta toda a beleza e a importância ambiental que a Juréia tem e mais a riqueza cultural  caiçara, o Jornal Bem-Te-Vi fotografou desenhos rupestres no Maciço da Juréia. Provavelmente, elas foram feitas pela natureza, com o passar do tempo mas, para tirar dúvidas, o leitor vai conhecer a opinião de alguns profissionais sobre o assunto.      As imagens são grandes e estão no alto do morro. Uma das imagens lembra um peixe e é conhecida dos caiçaras que a chamam de “Cabeça de Caratinga”, tipo de peixe com formato parecido com o desenho.       Em uma das outras, é possível ver um animal com patas, orelhas, cabeça, corpo e até o olho. Ainda há uma imagem sobreposta que lembra uma ave pré-histórica, deixando-a conotativa.       Para a blogueira Marta dos Santos, a imagem é intrigante e pode ter sido  feita por povos antigos ou de outros planetas. “A região é muito rica e pouco explorada. Isso mostra que tem mais coisas para serem descobertas na Região da Juréia ”, afirm

"Aqui no camping os seres aparecem com frequência"

Imagem
Camping do Sossego é um local que talvez poucos conheçam ou tenham ouvido falar em Peruíbe.  Fica perto da cachoeira do Paraíso, na Estação Ecológica Juréia-Itatins. Um bar simples, com mesas de sinuca mostram a frente do camping que possui espaço para acampar e quartos para alojamento.  Uma fonte confiável do jornal conheceu o Camping do Sossego pelo boato de que seres de outra dimensão apareciam no local.  Quando comecei a bater palmas, saíram os cachorros que começaram a latir e vir até nós. Eu estava com o jornalista Márcio Ribeiro, juntos conhecemos dona Maria, uma senhora alta, branca, com vestido longo, querendo saber o que queríamos ali. Ao nos identificarmos, ela começa a contar uma história tão impressionante que não demorou para os gravadores gravarem todas aquelas palavras. “Eles protegem a gente aqui. Quem é do bem acaba voltando, quem vem para explorar e não for boa pessoa, eles acabam expulsando para nunca mais voltar” , dizendo sobre os exploradores que já

Peruíbe completa 56 anos de emancipação político-administrativa

Imagem
A prefeitura de Peruíbe completa 56 anos de emancipação político-administrativa. Atualmente, moradores aguardam o fim da atual administração, para voltarem a ter esperança novamente de uma cidade melhor para todos. Peruíbe está abandonada. Não somente a orla da praia está sem iluminação, vários pontos escuros estão deixando o passeio a noite pela cidade, um ar sombrio e perigoso. Mato alto em várias praças e ruas de bairros distantes e quando chove a enchente toma conta pela falta de obras de drenagem. Fora a notável falta de vontade política de querer realmente melhorar a cidade. Todos nossos questionamentos feitos à assessoria de imprensa, setor encarregado de pelo menos responder as perguntas da imprensa, não recebem nenhum tipo de atenção. Ignoram nossas perguntas.  Enquanto isso, hoje, ás 07h11, o site  www.atribuna.com.br divulgou todas as obras e inaugurações que a prefeita Ana Preto está prometendo para 2015, no aniversário da cidade. Prometendo o início da construção

Vírus da Juréia pode dizimar Peruíbe - Parte Final

Imagem
Parte 5 - O fim é só o começo Os corpos dos expedicionários mortos ficaram jogados na mata, nas proximidades do Rio Una do Prelado. Após alguns dias, o cheiro forte atraiu os moradores da redondeza que procuravam caça pelo local. Três corpos ainda estavam lá. Os outros dois sumiram. Provavelmente comidos pelas onças da região, ou teriam eles desaparecidos por alguma outra força maior? Benedito Maia foi o encarregado de levar os corpos em sua canoa, feita por ele mesmo, do tronco de um Guapuruvu. Chegando na “Vila”, localizada em uma volta do Rio Una, tratou de mandar o mensageiro, via Estrada do Telégrafo, para contatar as autoridades de Peruíbe sobre o ocorrido. Quando as autoridades chegaram na Vila, encontraram os moradores muito debilitados, contaminados pelo vírus que habitava os corpos dos defuntos expedicionários. Alguns deles já estavam mortos. Crianças, jovens e mulheres. O desespero era grande e a situação de calamidade pública. O único a ter contato

Sobrevoe sobre o Centro de Peruíbe

Imagem
Praça Matriz "Alguma coisa acontece no meu coração. Quando eu passo entre o posto Ipiranga e Avenida São João".    Talvez não tenha mesmo muito a ver parodiar uma das mais belas música de Caetano Veloso e compará-la com o Centro de Peruíbe, no trecho entre a Avenida Padre Leonardo Nunes, onde fica o Posto Ipiranga, e a Avenida São João, com a sua feirinha Hippie.  Mas é provável que o sentimento do autor de “Sampa” seja igual a dos muitos peruibenses e turistas que visitam a cidade frequentemente para passear. O pouco comércio que existia ficava no Centro da cidade O Centro de Peruíbe é bonito, dinâmico, moderno e em nada se assemelha à Peruíbe de alguns anos atrás. Hoje, possui um comércio variado onde o visitante pode encontrar quase tudo: supermercados, lojas de roupa, restaurantes, lanchonetes, entre outros. Se o visitante passar pelo Boulevard na primavera, com certeza vai perceber as cores dos ipês-rosas plantados em quase toda a extensão do calçadão,

História: Veja como era a Avenida da Telesp

Imagem
Quando era só areião e mato         T omei a liberdade de mostrar esta foto para alegorizar uma história da atual rua da Telesp (Avenida Padre Leonardo Nunes) .      Onde hoje é a Map contabilidade, havia o campinho de futebol do Vila Nova, que se estendia até onde esta localizada hoje a clínica odontológica MCM.                 Ali aconteciam as partidas de futebol entre os times do:   Vila Nova (Zequinha, Luís Santana, Honório, Canarinho, Rubens, Miguel Tufão, Josias, Bom-de-Bóia e outros). Estação (Caiara, Valussy, Celso, Rubinho Teixeira, Hélio...)  e o “Time da Vila”, como era chamado o Centro, na época (Iramil,Chico Arruda, Edegar, Zuzuca, Nenego, Armando, Joacir e outros). Rua da Telesp atualmente      As partidas, muitas vezes, eram realizadas ao som do apito da Maria Fumaça, antecessora do Trem Ouro Branco, trazido pelo Coronel Rodolpho Pettená. Durante todo o caminho percorrido pelos times visitantes, era possível colher algumas frutas como: