Pular para o conteúdo principal

Filha conta tudo sobre a dedicada historiadora Maya Ekman

   O destino cruzou o meu caminho com o de Alice Ekman, ao vê-la saindo da loja Ideal Peruíbe com o Jornal BEM-TE-VI de baixo do braço. Quando entreguei a nova edição, ela logo elogiou o trabalho do jornal e, em seguida disse o seu nome e o de sua mãe.



  Muitas pessoas a conheceram, trata-se da dona Maya Ekman, uma mulher de grande importância cultural para Peruíbe e toda Baixada Santista.

Lucas Galante: Onde que ela nasceu e quando foi?

Alice Ekman: Minha mãe nasceu no dia 25 de maio de 1915, em Riga, capital da Letônia, e faleceu no dia 08 de março de 1992, em Peruíbe. 

LG: Quando ela veio para o Brasil? O que ela fez durante sua vida ? 

 AE: Ela chegou em 1923 no Brasil e a família, com outros letos fundaram a cidade de Varpa, interior de São Paulo. Maya Ekman era dotada de uma inteligência e mente prodigiosas e jamais interceptou seu caminho de estudos em sua vida. Era historiadora incansável, poetisa, esotérica, teosofista, pensadora, grande cronista, escritora, estudiosa de nossa flora e fauna brasileiras, ufóloga e pintora artística. 

LG: Quais lugares que ela estudou e participou como historiadora?

Alice recordando a história de sua mãe 
AE: Ela pertenceu a diversas Academias Culturais e entidades culturais, como: Academia Municipal de Letras de SP; Academia de História; Academia Eldoradense de Letras; Academia Piracicabana de Letras; União Brasileira de Escritores; Academia de Letras Municipais do Brasil; Ordem Nacional dos Bandeirantes; Academia Paulistana de História; Academia de Letras da Fronteira Sudoeste do RGS; Instituto Histórico e Geográfico de Uruguaiana e tantas outras. Incluindo em Portugal, na Academia de Letras de Filgueiras. Como estudiosa incansável, possuía dezenas de Cursos de Extensão Universitária, como o de Astrobiologia, ministrado pela USP, em 1963. Ministrou aulas de Pintura e da Arte da Pintura na Associação Artística Cultural em São Paulo, na década de 60. 

LG: Quando ela veio morar em Peruíbe ? 

AE: Aqui em Peruíbe, passou a viver a partir de 1973 e iniciou um profundo estudo de nossa ecologia e histórico da cidade e regiões anexas. Muito admirada por toda a cidade, participava de todos os eventos que diziam respeito à cultura em geral e à saúde. Nos anos 80 trabalhou muito com a Dir. de Cultura do Município, Isabel Kobayashi, bem como com o Dir. de Turismo Coronel Pettená, assim como foi organizadora juntamente com o escritor Oswaldo Herrera, do Projeto Hora do Conto, levado a todas as escolas estaduais e municipais. 

LG: Ela teve papel importante na ufologia em Peruíbe ? O que ela fez? 


Maya Ekman era muito admirada por toda a cidade
AE: Com certeza! Ela participou ativamente do GEUC ( Grupo de Estudantes da Ufologia Científica) onde ministrava palestras periodicamente. Escrevia também para revistas de Ufologia. Escreveu para o “Littero Abrigo “, que era um Boletim Informativo da Poesia em Peruíbe. Escreveu para o jornal “ Logos”, que era um “Órgão de Divulgação da Poesia de Peruíbe Fez inúmeras pesquisas arqueológicas tanto na Juréia como nas Ruínas do Abarebebê. Em Fevereiro de 1990, ministrou palestras sobre a “Nova Era”, promovidas pelo “Núcleo de Estudos das Ciências Alternativas”, nos salões do Caiçara Clube. Na ocasião, abordou o tema “Abertura Mental” e “Consciência Cósmica” . Proferindo ensinamentos sobre as energias curadoras e cósmicas, enfatizava que o homem buscasse ou redescobrisse os estudos de Radiestesia; de Cromoterapia; de Piramidologia, entre outros. Maya Ekman ressaltava que: “Somente aqueles que abrirem suas mentes para novas realidades é que poderão tranquilamente superar a fase de transformação do planeta“

LG: Ela escreveu em algum jornal ou revista ? 

AE: Sempre escreveu para jornais e revistas culturais ao longo de sua vida, em qualquer cidade onde estivesse. Nos anos 80, finais, passou a ter uma coluna dominical intitulada “ NA LUZ DOS ENIGMAS” no Jornal A Tribuna. Esses artigos foram e são da maior importância para os estudos históricos de Peruíbe, como: “A Misteriosa Porta de Pedra”, “Estrelas que não são Estrelas”, “As Pedras Sagradas de Itatins”, “As estranhas Apariçôes de Itatins”, “Projeto Mente Cósmica e tantos outros.

Nota: Esta entrevista foi publicada na edição de julho no Jornal BEM-TE-VI.



Texto: Lucas Galante
Fotos: Márcio Ribeiro

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Peruíbe é fantástica!

Você já imaginou encontrar num mesmo local, praias, ilhas, cachoeiras, rios e um dos melhores ares do mundo, a poucos km da capital? Nossa cidade tem tudo isso e muito mais. Temos um povo acolhedor, com muita história e tradição. Comidas típicas de sabores únicos, as mais belas paisagens, diversos pontos turísticos e outras maravilhas que você só poderá desfrutar se vier nos visitar. Está esperando o que para conhecer a ‘Terra da Eterna Juventude’? #VemPraCá !

Serviços de manutenção da iluminação pública de Peruíbe possui novo telefone para atendimento

Se você precisa utilizar os serviços de reparo da iluminação pública nas ruas e avenidas de Peruíbe, ou quer saber mais detalhes sobre o funcionamento desse setor, entre em contato pelo novo número 0800-000-0209 .  A prefeitura publicou em suas redes sociais que em até 72 horas o problema será solucionado. 

Google maps fotografa pontos luminosos na Juréia

   Verdes, azuis e amarelas. Estas são as cores das luzes estranhas fotografadas pelo satélite da  Google maps em cima do céu da Juréia. Estão em muitos lugares.        Está duvidando? Estas aparições estão lá, acessíveis em todos os computadores do mundo, disponíveis no Google maps.   Basta acessar,ver e crer. Um único ponto verde na praia do Juquiázinho      Para você que vai pegar o computador e dar uma checadinha, o Jornal Bem- te-vi vai te ajudar a identificar os locais.        As luzes estão localizadas em pontos estratégicos, pois uma está bem na restinga do Guaraú, enquanto outra está localizada no trio de praias fechadas da Juréia:  Juquiá-Paranapoa- Praia Brava.        É possível vê-las principalmente ao longo da Estrada que corta  a Serra dos Itatins e também na estrada que vai para o Barra do Una. Três pontos luminosos na cor azul formando um triângulo      Na crista da Serra elas também estão lá. Tanto as azuis, quanto as verdes e até as vermelhas,  i

Igreja Matriz celebra dia de Corpus Christi em Peruíbe

A igreja católica Matriz, do Centro de Peruibe celebrou, na tarde desta quinta feira (15), o feriado de Corpus Christi. Corpus Christi significa Corpo de Cristo. É uma festa religiosa da Igreja Católica que tem por objetivo celebrar o mistério da eucaristia, o sacramento do corpo e do sangue de Jesus Cristo. A festa de Corpus Christi acontece sempre 60 dias depois do Domingo de Páscoa ou na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade, em alusão à quinta-feira santa quando Jesus instituiu o sacramento da eucaristia. Texto e Vídeo: Lucas Galante

Mais de 1,1 milhão de veículos devem circular nas principais rodovias do DER durante o corpus christi

     ‍  As equipes do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), órgão ligado à Secretaria de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística (Semil), estarão a postos para o apoio aos usuários durante a Operação Corpus Christi 2024, entre os dias 29 de maio e 02 de junho. O DER envolverá no total 1,7 mil agentes para a operação, distribuídos pelas principais rodovias administradas pelo departamento, com a expectativa de circulação nessas vias de mais de 1,1 milhão de veículos no período.   Entre a quarta-feira (29) e o domingo (02), o DER ampliará a sua presença nas rodovias para fazer frente ao grande volume de veículos esperado. Serão 129 veículos de apoio, 77 caminhonetes de inspeção, 122 guinchos leves, 17 guinchos pesados, além de utilitários (07) e motocicletas (04).   Além do reforço operacional, o DER terá à disposição as informações coletadas por 136 equipamentos contadores de veículos, 08 painéis de mensagens, mais de 60 câmeras e drones (03).   As viaturas circularão em pontos es