Postagens

Prefeitura gasta mais de um milhão para recapear avenidas do Centro

Imagem
A Prefeitura de Peruíbe tem até o dia 06 de agosto para terminar os serviços de recapeamento das Avenidas Padre Leonardo Nunes e Domingos da Costa Grimaldi, ambas no Centro, de acordo com a placa dos trabalhos fixada na esquina com o Canal Ubatuba. Os serviços deveriam ter começado em fevereiro deste ano. Na Avenida Padre Leonardo Nunes, o serviço foi aparentemente concluído, mas apresenta diversos problemas. O asfalto está raspado em muitas partes e se deteriorando, mesmo com o pouco tempo de uso. Nesta avenida, a sinalização asfáltica não foi colocada e não há qualquer faixa de pedestres. Recentemente, as lombadas foram pintadas, mas a tinta já esta se apagando. As tampas de esgoto da sabesp estão todas desniveladas prejudicando motoristas e causando risco de acidentes, como nos conta uma moradora, que não quis se identificar “Esta tampa aí pode furar um pneu de um carro. Não dá pra ficar em casa em paz sem tomar um susto por conta do barulhão que esta tampa faz

Macaco exótico é filmado na Zona Rural de Peruíbe

Imagem
     Um macaco exótico, originário do nordeste brasileiro, foi filmado na zona rural de Peruíbe, nas proximidades da Estrada do Cajueiro.    Trata-se do Sagui-de-tufo-branco (Callithrix jacchus), espécie que não pertence a Mata Atlântica do sudeste, mas vem aumentando a sua distribuição em todo o país, inclusive na América Latina, por conta de sua utilização doméstica.       Este pequeno macaco se tornou motivo de preocupação para a saúde no nordeste do Brasil, pois, de acordo com estudos feitos naquela região, este animal pode ser transmissor do vírus da raiva.      Para o biólogo e ornitólogo, Bruno Lima, esta espécie é considerada uma praga em nossa região (Peruíbe), por não ter predador natural. Ele ainda comentou que este bicho se alimenta de ovos de aves nativas. "A zoonoses da cidade deveria fazer o controle para que não se espalhe ainda mais. Já foi vista em Itanhaém e agora a confirmação de que vive em Peruíbe. Se deixar, se multiplica ainda mais ". Comentou

Barra do Una realiza Festa da Tainha

Imagem
Festa da Tainha do ano passado                 Fandango (baile tradicional), bingo, brincadeiras, comidas típicas e ainda outras atrações musicais da região prometem agitar a 15ª Festa da Tainha, a ser realizada na Vila de Barra do Una, situada dentro dos limites da Estação Ecológica de Juréia-Itatins, em Peruíbe/SP.                A Festa Caiçara tradicional esta marcada para ocorrer nos dias 18, 19 e 20 de julho deste ano, com início previsto para as 20 horas, no Centro Comunitário da Barra do Una, localizado na Rua da Escola s/nº.             Você que não conhece uma Festa Caiçara, não pode perder a oportunidade de prestigiar parte da cultura local, que, infelizmente, vem se acabando com o passar dos anos.                    Confira as informações no cartaz da Festa. Texto e Foto Márcio Ribeiro

Chico Latim fecha para reforma

Imagem
O Espaço Cultural Chico Latim, conhecido por alguns como “chicletinho”, por conta do som produzido na pronuncia rápida de seu nome, foi finalmente fechado para reforma. Graças a denúncia feita pelo Jornal Bem-Te-Vi , publicada na edição 12, os turistas e moradores de Peruíbe não correrão mais risco de acidentes no local. Na reportagem, o jornal mostrou que toda a armação estava comprometida e que o ferrugem estava à mostra aos olhos de quem quisesse ver. André Costa mora no Centro e estava preocupado com a situação do local: " Passo em frente todos os dias e não tinha como não reparar o ferrugem tomando conta da estrutura. O pior de tudo era conferir os eventos debaixo desse perigo eminente". Comenta De acordo com a Assessoria de Imprensa de Peruíbe, o local, que é um importante espaço cultural e de apresentações musicais, não tem data para ser entregue a população. A Prefeitura também não informou o novo local para a realização dos eventos. "Haverá s

Quermesse do Projeto Constelação dos Bichos começou com muita alegria

Imagem
Ontem foi o primeiro dia da 1º Quermesse do Projeto Constelação dos Bichos , no Jardim Ribamar, na praça XV de Novembro, em frente ao posto de Saúde. O evento acontece nos dias 04, 05, 06, 11, 12, 13, 18, 19, 20, 25, 26, 27 de julho.   Claudio e Andréia que iniciaram e coordenaram a organização do evento. Eles ficaram muito felizes com a presença de todos que estavam apoiando e prestigiando a quermesse. O local estava movimentado, com amigos e famílias curtindo toda a estrutura montada. Com t elão, brinquedos, barraca de pesca, pastel, bingo, peixe, tacos, hot dog, caldos, espetinhos, tapioca, doces, lanches, vinho quente e quentão a festa foi só alegria. Confira as fotos:                   O único problema que o Jornal BEM-TE-VI constatou foi que a prefeitura não conseguiu ceder pelo menos um banheiro químico ao evento. O Jornal BEM-TE-VI apoia as ações do Projeto Constelação dos Bichos e por isso irá descobrir porque que

Feirinha do Centro pede faxina

Imagem
          Você já viu a mensagem “lave-me” escrito nos vidros sujos dos carros ou em outra coisa que precise de um banho urgente? Pois é, se fosse possível deixar algum recado parecido na praça de artesanato, localizada no Centro da cidade, exatamente este cairia muito bem. Os muros, o piso, o telhado pedem socorro e precisam urgentemente de uma faxina. As paredes estão pichadas. O chão está encardido e impregnado com chicletes. O telhado está sujo, apresentando problemas e abrigando pombos. Se este, que é um dos principais cartões-postais de Peruíbe está assim, imagine os outros espalhados e escondidos por aí? E tem mais: O mato toma conta do local onde já foi um jardim. As teias de aranhas dominam o alto do teto. E as bicicletas continuam atravessando o interior da praça em alta velocidade, colocando em risco e assustando pedestres, entre eles, idosos e crianças. Não se vê qualquer tipo de fiscalização, apesar da placa proibindo os ciclistas. A praça, que já fo

Começou o Arraiá da C.A.P.I de Peruíbe

Imagem
O Jornal BEM-TE-VI foi prestigiar o evento beneficente da CAPI  (Casa de Amparo e Proteção a Infância) de Peruíbe. Um evento feito para ajudar as crianças de 0 a 10 anos em situação de abandono, risco ou carência, com fundamento na reeducação.     O primeiro arraiá deste ano foi um sucesso. Muitas pessoas compareceram ao local para prestigiar, se divertir, e desfrutar de uma deliciosa comida típica de festa junina. Com venda de pernil, doces, quentão, vinho quente, pastel, pizzas, pipoca e outras delícias.   Além disso, a criançada podia se divertir com as brincadeiras, pula pula, escorrega e também com  a animação do grupo de dança  do  Espaço Cultural Atitude Ton Ton Gaspar.     Ainda teve o show da cantora Jhana Rosa .  Depois foi a vez da banda  Os Trelentes  agitar o público que lotou o salão da CAPI. Vale lembrar que a festa continuará neste fim de semana: sábado (28/06) com shows de Mauriccio Mattos e Tribo Xote. No domingo (29/06) vai ter o Bingã

Verba para construção do hospital municipal volta para o Estado

Imagem
Os R$ 7,5 milhões liberados pelo Governo Estadual para a construção do novo hospital com capacidade para 100 leitos foram devolvidos ao Estado. A confirmação da devolução do recurso, fazendo com que o projeto não saísse do papel, é do Dr. Marco Botteon, ex-Diretor da Regional de Saúde da Baixada Santista (DRS IV), órgão responsável por repassar a verba ao município. “ Com a liberação da verba a prefeitura, ao longo dos últimos três anos, não conseguiu executar o projeto para a realização da obra. Acredito que tenha faltado planejamento e vontade política ”. Segundo Dr. Botteon, este fato não manchará a imagem da Prefeitura junto ao Estado. "A verba ainda poderá ser recuperada. Para tanto, será necessário justificar os motivos que levaram a Prefeitura a não construção do hospital, pleiteado pela população há vários anos". A ideia inicial sugerida pelo Dr. Botteon, era a construção de um hospital com 100 (cem) leitos. Deste total, 50 leitos ficariam a cargo da Prefei

A dama da praia central

Imagem
(CRÔNICAS DE PERUÍBE) Eu tinha uns 12 anos naquela época e a “dama da praia central” aparentava ter uns 17 anos. Linda! Ela saía da escola e caminhava sozinha em direção à praia. Passava pela pracinha do coreto, descia a feirinha e ficava sentada nos banquinhos que havia onde hoje é a ciclovia. A menina era danada, ficava mexendo com os homens que passavam em frente ao prédio redondo dirigindo aqueles carrões. De vez em quando entrava em um deles. E eu de longe, com a minha bicicleta que insistia em cair a corrente, só observava. Ela era índia e tinha a pele “negra-mulata”. Os cabelos pretos eram bem lisos, escorriam pelo seu corpo e serviam de cortina para tampar os fartos “seios de bico-de-agulha”. As coxas dela eram bem grossas e desprovidas de estrias ou celulites. As suas nádegas avantajadas sustentavam confortavelmente todo o seu corpo quando ela sentava. Ah...e como era sexy esta menina. Sim, caro leitor, confesso que observei bem os detalhes, apesar disso, eu a

Jovem Angolano viaja pelo mundo e fica no Brasil para estudar em Peruíbe

Imagem
Tive a oportunidade de conhecer João Doutor Marcos neste ano e seu jeito irreverente, simples e alegre me causou interesse de sentar e conversar sobre a vida deste rapaz divertido no Brasil e a vida em Angola. O encontrei na Faculdade de Peruíbe e sentamos para bater um papo e gravar o programa A Voz do Povo da Rádio BEM TE VI . Foi uma oportunidade de intercâmbio cultural muito interessante.  Confira os principais  trechos da entrevista:  GS : Você está em Peruíbe a quanto tempo? JD: Estou em Peruíbe a dois anos e garanto que esses dois anos foram os melhores momentos que eu vivi no brasil. GS: Como você veio parar em Peruíbe? JD: Graças a uma amiga que eu conheci na internet e quando eu conheci a cidade e a hospitalidade do povo dessa cidade foi amor à primeira vista.   GS: Quais os aspectos no Brasil que você vê semelhança  com a vida em angola?  JD: Os pontos culturais tem a mesma identidade de angola principalmente a alimentação e a dança.  GS: Qual o a

Obra na Orla da praia de Peruíbe continua no papel

Imagem
   Já faz um ano que a prefeitura anunciou o projeto que visa mudar calçada e avenida da orla da praia e até agora nada aconteceu. Mas será que a obra é prioritária para o momento em que vive Peruíbe e a população quer esse projeto?     Fomos conferir a opinião das pessoas que trabalham e moram perto da praia. Maioria além de desconhecer o projeto, não gostou da ideia de tirar um sentido da avenida de ambos os lados.     “Na há necessidade de mexer aqui. A avenida da praia é ótima assim. Só precisa mesmo é de iluminação de qualidade”, explica Geraldo que mora há 35 anos em Peruíbe.     Marcelo trabalha em quiosque e acredita que “a obra vai só atrapalhar e no final nem vai ficar concluída 100%. Vai ser mais uma obra incompleta na cidade, pode apostar” .     A ideia do projeto também é construir um calçadão com passarela até o mar, ampliação da calçada de pedestres com espaço exclusivo para deficientes.  O projeto foi anunciado com o custo total de R$ 20 milhões e que ser

Parque da cidade está abandonado desde quando foi inaugurado

Imagem
  Um local que poderia estar sendo usado para a prática de vários esportes, realizando torneios e eventos  que poderiam também gerar renda para a cidade. Mas não, o chamado Parque da Cidade, que fica no bairro Josedy, está totalmente abandonado.     Sem segurança ou qualquer tipo de fiscalização, o local está sem portão, aberto para moradores de rua e outros invasores. A piscina está cheia de lixo, todos os vestiários estão quebrados e com os chuveiros roubados. A quadra está sem as redes, mas ainda em ótimo estado.    Mesmo em abandono, pela estrutura ser nova, da para sentir o que seria se estivesse sendo usado corretamente. A prefeitura explicou que até o mês de outubro de 2012, quando foi entregue à população pela administração anterior, o Parque da Cidade tinha 90% das obras concluídas, ou seja, foi entregue inacabado.     Quando a nova gestão assumiu a prefeitura, foi realizado um relatório fotográfico no local, registrando o vandalismo e o saqueamento do equipa

Moradores de Peruíbe enfeitam avenida para a copa

Imagem
Moradores enfeitando voluntariamente a avenida   A ausência do verde, amarelo, azul e branco, em grande parte de Peruíbe, às vésperas da copa do mundo, não será problema para os moradores do Recreio Santista e adjacências. É que por lá alguns moradores se uniram para pintar as guias e sarjetas de parte da Avenida 17 e manter assim a tradição de enfeitar as ruas para torcer para o Brasil na copa. A iniciativa partiu de um grupo de amigos que se uniu voluntariamente para executar os serviços. Todo o material foi comprado pelo pedreiro Cícero da Silva, que teve ainda que cortar os matos que atingiam a avenida. “ Eu fiz mais pela molecada, pois ajuda a mexer com a mente deles e mostrar o que é o Brasil. Estou vendo que a copa do mundo está morta. Não tem reação nenhuma. Não tem alegria. O brasileiro precisa se animar” , falou. A dona-de-casa Mirna dos Anjos aprovou a iniciativa e acredita que esta tradição esta se acabando. “Agora que as pessoas deveriam enfeitar as ruas mes

Aconteceu o primeiro Encontro de Mulheres de Peruíbe

Imagem
                  Aconteceu no dia 17 de maio o 1º Encontro de Mulheres de Peruíbe, organizado pela ONG Alefé Odará - Valorização da Cultura Negra. Foram homenageadas mulheres destaque de diversos segmentos profissionais pelas relevantes realizações em Prol da Sociedade.  Mulheres que buscam fazer a diferença em uma sociedade,que ainda existe o preconceito. Ocorreram diversas palestras com mulheres de destaque de Peruíbe e região. Boas conversas, muitas risadas, almoço, cabeleireiras em um verdadeiro dia de rainha.  O Jornal Bem-Te-Vi apoia essa realização e parabeniza os organizadores Iya Brigida D'Osum e Rui Diniz. Texto e foto:   Divulgação  ONG Alefé Odará - Valorização da Cultura Negra

Jornal BEM-TE-VI hospeda dois Uruguaios que estão pedalando pela América...

Jornal BEM-TE-VI hospeda dois amigos Uruguaios que estão pedalando pela América do Sul

Imagem
   O Jornal BEM-TE-VI junto com solidariedade de Newton Lopes  hospedou dois jovens amigos que estão pedalando em busca de conhecer cidades do litoral  do Brasil e outros países da América do Sul.    Para chegar aqui em Peruíbe, Diego Morales 22 anos, e Giani Caregnani 23 anos, vieram da Colonia del Sacramento, Urugaui e já pedalaram 2,3 mil quilômetros.     Sua rota se resume em chegar em Búzios no Rio de Janeiro. Seguir em frente até Natal, no Rio Grande do Norte.     Pedalando pela região do nordeste, os aventureiros pretendem chegar em Belém  para pegar uma balsa para conseguir chegar na Amazônia. De lá seguir rumo a Venezuela e ir descendo outros países da América do Sul: Colômbia, Equador, Peru, Bolívia, Chile, Argentina e enfim chegar no Uruguai.    Para eles, viajar de bicicleta, conhecendo diversos lugares e pessoas é poder realizar um sonho.    "Meu sonho é conhecer o mundo, mas o mundo é muito grande e é isso que me incetiva a continuar viajando e te