PRAZER AO SENTIDOS

Vinho Branco


Você quer um vinho que seja refrescante, ou um néctar - um copo cheio de perfumes intensos? Os preços propostos lhe oferecerão alguma orientação mas dependerão do lugar onde você estiver: um vinho caríssimo em Nova York pode ser um vinho comum na Itália.

Existem todas as nuances para o vinho branco que pode ser extremamente seco ou ricamente açucarado, mas é fácil classifica-los em seis estilos principais.

Os vinhos brancos ''leves e secos'', que devem ser bebidos jovens, raramente são envelhecidos em barril de carvalho, são engarrafados sem açúcar residuais e são pobres em extratos (componentes que dão corpo ao vinho). 

Eles devem ser servidos bem frescos. Os brancos  ''secos e amplos'' possuem mais matéria e, embora sejam mais tecnicamente secos, tem a doçura da fruta madura. Podem ter envelhecimento em barril e/ou garrafa.

Os vinhos brancos ''aromáticos'' provem de certas cepas; podem ser secos ou meio secos.

Os brancos ''meio-secos'' são geralmente engarrafados antes que a totalidade dos açucares da uva se tenha transformado em álcool.

Os mais açucarados são os vinhos intensamente concentrados que se consomem lentamente devido à grande complexidade de sua matéria. Certos vinhos são elaborados em vários estilos: o Orvieto pode ser seco (secco) ou meio seco (abboccato). 

Um vinho pode também se distinguir de outro pelo modo como foi elaborado. As diferenças são mais percebidas ao comparar-se vinhos fermentados ou envelhecidos com outros que não o foram. A nova  tendencia é não deixar o vinho muito tempo no barril, a fim de privilegiar o sabor da fruta. 

Quando os produtores dão ao vinho um nome de cepa, seu estilo pode variar em função do clima e do solo de cada parcela. Um Chadornnay do Alto Adige, no Norte da Itália sera vivo e fresco, com a acidez das uvas amadurecidas numa região fria; um Chadornnay australiano sera mais amplo, com toques de frutas exóticas.

Então na próxima vez, atente-se e peça um branco! Com nossos frutos do mar é garantida a satisfação.


Autora: Bruna Held 

Bruna Cristina de Held é estudante da ABS - Associação Brasileira de Sommeliers do Estado de São Paulo.
Engajada na missão de tornar os momentos à mesa inesquecíveis,  unindo alma e técnica.

Contato: brunaheld@gmail.com


Comentários