E rolou a festa com Ivete Sangalo em Peruíbe


E rolou a festa com Ivete Sangalo em Peruíbe

O jornal BEM-TE-VI esteve neste domingo, dia 23 de fevereiro, acompanhando o show de Ivete Sangalo, em Peruíbe. Chegamos ao setor montado para imprensa ao mesmo tempo em que a prefeita Ana Preto. A prefeita cumprimentou poucas pessoas e logo se instalou na área que foi reservada para as autoridades e figuras políticas, entre outras categorias.

Prefeita Ana Preto na chegada ao evento

O inicio do show não teve tanto atraso, já que muitos esperavam que fosse começar lá pela meia noite. Por volta das 22h30, a cantora Ivete Sangalo entrou no palco usando um figurino brilhante e acompanhada de vários bailarinos.

Ivete Sangalo durante show
Após algumas músicas, Ivete fez uma pausa e explicou que esteve doente no dia do aniversário da cidade, dia 18 de fevereiro, a primeira data marcada para o show. “Domingo eu saí para trabalhar, fiz o meu show, voltei para casa toda molinha (...) Segunda-feira acordei com os ossos doendo, eu não sou mulher de sentir nada. E foi batendo aquela febrinha, de noite deu um febrão, um tal de suar, eu disse ‘ai meu Deus o que vou fazer com Peruíbe’ ”. (veja vídeo completo em http://youtu.be/RX8MkwqcBAY).

Ivete fez sua parte: cantou, dançou, pulou, mandou beijos, pediu para o público cantar junto com ela. A animação dela foi espetacular, típica de um show de Ivete Sangalo.
Vista lateral do público 
Ao acabar a apresentação, a cantora só fez um cumprimento reverenciando e agradecendo e, sem nenhum “tchau”, desceu do palco, em seguida entrou no carro e foi embora. Houve então uma queima de fogos e, segundos depois, começou a chover muito. A população começou a correr para coberturas das pousadas e restaurantes próximos para não se molhar.

Com cinco minutos de chuva, a praia ficou vazia e a multidão se dissipou rapidamente. O policial militar Fábio Santos afirmou que o evento não teve nenhuma confusão ou qualquer tipo de desentendimento e agradeceu pela chuva ter vindo após o show acabar. “O bom da chuva é que já força muita gente a voltar para casa e não ficar até tarde na rua. Não teve manifestação, está tudo tranquilo”. explicou o PM que estava fazendo a segurança do evento.

Lixo jogado na calçada durante show
Havia banheiros químicos suficientes para a quantidade de pessoas no local. Porém, o lixo na rua foi inevitável. Não havia recipientes para lixo pelas ruas. Latas, garrafas de água, sacos plásticos, tudo jogado na guia.

A advogada Celi Barcelos e sua mãe
Para a Assessoria de Imprensa da Prefeitura, o evento contou com 80 mil pessoas. Porém, as pessoas caminhavam facilmente e sem aglomerações pela avenida ao lado do palco. O público adorou o show. Como conta a advogada Celi Barcelos, “O show está ótimo. A estrutura aqui está organizada, não tenho do que reclamar, ainda mais que a Ivete é sensacional”.

O empresário Rogério Alves Pereira também curtiu o evento. “Está perfeito. Com essa segurança acredito que não está faltando organização”.

O empresário Rogério Alves
aprovou a segurança do evento
Os comerciantes não tiveram do que reclamar e puderam ter um faturamento a mais neste domingo. “Já acabou o meu estoque de bebidas duas vezes e ainda nem acabou o show. Está ótimo poderia ter mais shows assim”, brinca a ambulante Maria de Sousa.

O jornal BEM-TE-VI tentou alguns acessos para quem sabe arriscar uma exclusiva com a cantora, mas não teve êxito. Aliás, como um dos próprios chefes do departamento de trânsito nos contou, “a Ivete não para, ela segue em frente e vai que vai!”




Texto: Lucas Galante e Adriana Torello

Fotos: Adriana Torello

Comentários