Vírus da Juréia pode dizimar Peruíbe - Parte II

Parte II: A Serra dos Itatins


Os anos se passaram e a história da Gruta dos Sacrifícios foi virando lenda. Poucos acreditavam na veracidade das informações que diziam os mais velhos, de que um grande mal mataria à todos, caso o local fosse profanado.
Vieram os portugueses, os índios se foram, chegaram os caiçaras, os tempos atuais e alguma coisa ainda guarda a região dos Itatins.
Veja bem, prezado leitor: Existem as tais cobras venenosas na ilha queimada grande. Os diversos relatos ufológicos. A Porta de Pedra na Serra do Guaraú. A natureza preservada perto de uma das maiores cidades do mundo. Um caixão com um corpo encontrado na Praia do Una e levado para a cidade de Iguape, onde fizeram uma igreja para ele e, posteriormente, a cidade também parou no tempo. Como você pode ver, a região possui uma atmosfera sinistra e mágica, apesar da mecanicidade dos tempos atuais...
O que será que há por trás de tudo isso? Por que um local com tanta coisa boa guarda algo que pode fazer mal para aqueles que moram no seu entorno...
O mal de que falavam os índios ainda está lá, neste certo ponto na Serra dos Itatins e algum dia alguém irá encontrá-lo. Escrito está, na alma dos antepassados indígenas, que de tempos em tempos, estes seres minúsculos conseguem sair da gruta, quando há chuvas fortes na serra. Também que um vegetal é portador do mal e que esta planta serve de alimentos para alguns mamíferos...
Em uma certa expedição realizada no ano de 1947, algo chamou a atenção de uma pessoa, ao avistar...

Continua...

Texto e foto: Márcio Ribeiro

OBS: Trata-se de uma história de ficção! Este texto é uma continuação da história "VÍRUS DA JUREIA PODE DIZIMAR PERUÍBE"  e chegou a sua segunda parte,  publicada na edição número 18 da edição impressa do Jornal Bem-Te-Vi.

No próximo capítulo, um grupo de cinco amigos passa a explorar a Serra dos Itatins, no ano de 1947. Eles passam por uma experiência maravilhosa por conta da beleza de atingir um dos picos das serras. Lá, eles encontram uma gruta com diversos desenhos (Arte Rupeste). Com fome, comem vegetais nunca vistos e bebem água com um sabor diferente...
A parte III pode ser encontrada nas melhores bancas de Peruíbe, a partir da próxima semana, na edição nº 19, do Jornal-Bem-Te-Vi.

         A primeira parte pode ser lida acessando o link baixo:
 http://www.jornalbemtevi.com.br/2014/08/virus-da-jureia-pode-dizimar-peruibe.html

Comentários