Esposa de taxista é morta a facadas por vizinho em Peruíbe


É com tristeza que noticiamos a morte de Regiane Valério de 31 anos, esposa do Leandro Taxista que é amigo, leitor e cliente do Jornal BEM-TE-VI. Sua esposa trabalhava como enfermeira na Clínica de Peruíbe e estava grávida de cinco semanas de Leandro.

As manchas de sangue no corredor, na entrada perto da porta, no chão, na televisão e paredes comprovam a violência brutal que houve na casa. A vítima sofreu golpes de facão no pescoço e, estômago. O corpo ainda foi arrastado até a casa ao lado, onde o criminoso morava. Sueli é também vizinha de Leandro e estava com ele quando foi notado a ausência de Regiane e o sangue no corredor da casa.

"Nós entramos na casa e notamos que o sangue estava indo para o outro portão, só que estava trancado. Chamamos a moça, não encontramos ela. Chamamos a polícia. A polícia arrombou a porta e encontrou a Regiane ensanguentada em cima da cama. O bandido estava com o facão na mão e começou a chorar", descreve a vizinha Sueli.



Texto e Vídeos: Lucas Galante

Comentários