99 firma parceria com AGEM e doa 8 mil corridas para apoiar combate à Covid-19 na região


A 99, empresa de mobilidade urbana, anunciou nesta terça-feira, 26, mais uma iniciativa para apoiar os governos e prefeituras no combate à pandemia do novo coronavírus. A empresa disponibilizará 8 mil corridas pela plataforma para a AGEM - Agência Metropolitana da Baixada Santista - para ajudar nas ações de combate à Covid-19 nas oito cidades da região: Bertioga, Cubatão, Guarujá, Itanhaém, Mongaguá, Peruíbe, Praia Grande e São Vicente. A cidade de Santos foi beneficiada no fim de abril com a doação de 3 mil corridas.

As regras para uso dos cupons serão definidas pelas autoridades locais e a parceria determina que as corridas não estejam associadas a atividades que coloquem em risco a saúde e segurança dos motoristas parceiros. Com esta iniciativa, a plataforma contribui ainda para a geração de renda dos condutores que seguem trabalhando.

"Nesse momento delicado, em que toda a sociedade se une para lutar contra o novo coronavírus, a 99 não podia deixar de colaborar. Além de colaborarmos no transporte de profissionais de funções essenciais, é uma forma de ajudar a manter a renda dos nossos parceiros, pois sabemos a importância que esse ganho tem para todos", afirma Livia Pozzi, gerente de operações da 99.

"A parceria da empresa 99 com a Região Metropolitana da Baixada Santista, através da AGEM, é fundamental, não apenas para os deslocamentos mais seguros dos profissionais da área de saúde, que atuam na linha de frente no combate ao coronavírus, mas também aos profissionais que trabalham no segmentos de transporte por aplicativo, declarou a diretora executiva da AGEM, Raquel Chini. "Agradeço, em nome dos Prefeitos da Baixada Santista pela iniciativa da 99 que traz importante colaboração às áreas da saúde e emprego", concluiu ela.

Outras ações preventivas da 99 - A empresa vem adotando um conjunto de medidas para proteger a saúde de seus usuários e motoristas parceiros neste momento de pandemia. Uma delas é o pagamento de uma ajuda financeira, em forma de doação, aos condutores diagnosticados com Coronavírus (Covid-19) ou colocados em quarentena por uma autoridade médica. O dinheiro para essa ajuda virá de um fundo Internacional criado pela DiDi Chuxing, maior empresa global de mobilidade e dona da 99 e 99Food no Brasil. A plataforma também zerou, para este momento, a taxa de manutenção paga pelos condutores que possuem as câmeras de segurança instaladas nos carros.

Para auxiliar e orientar os usuários da plataforma, a 99 criou uma página dentro do seu site com orientações para motoristas parceiros e passageiros sobre o que fazer, quais os sintomas, onde buscar ajuda e outras informações com foco na prevenção. Há, ainda, vídeos educativos e um episódio do podcast "Papo de Motora" com orientações e dados sobre o fundo de ajuda aos motoristas diagnosticados com a Covid-19.

A empresa também segue enviando mensagens via aplicativo para passageiros e motoristas com dicas de prevenção. Lavar sempre as mãos; evitar circular com vidro do carro fechado; sempre que possível higienizar painel e partes plásticas do veículo com álcool; cobrir a boca ao tossir com o antebraço ou lenço descartável e fazer uso do álcool em gel 70% são algumas das dicas.

Além disso, a 99 está doando mais de meio milhão de máscaras laváveis para motoristas parceiros que circulam por 19 cidades do país, como: Belém, Belo Horizonte, Juiz de Fora, Brasília (DF), Campo Grande, Cuiabá, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, Manaus, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo, Sorocaba, Campinas e Vitória.

Para ampliar a proteção, a empresa também está higienizando carros dos motoristas parceiros do aplicativo em várias cidades do país com uma tecnologia inovadora de desinfecção do vírus, já aplicada na Europa. O projeto, inédito no Brasil, usa a tecnologia FIP ® (Fog in Place), uma das mais avançadas do mundo na desinfecção de ambientes no combate ao coronavírus, com aplicação na Espanha na luta contra a pandemia da Covid-19 em locais como hotéis, escritórios e bancos, e com produto desinfetante certificado pela Anvisa, o peróxido de hidrogênio.

A iniciativa é mais uma camada de proteção para passageiros e motoristas parceiros da plataforma no combate ao coronavírus no Brasil, contribuindo para que estes últimos não deixem de ter sua fonte de renda no período.

Na 99Food, empresa de delivery com operação em Belo Horizonte e Curitiba, além dos entregadores parceiros contarem com seguro contra acidentes pessoais e poderem realizar entregas sem contato, eles poderão retirar, nas próximas semanas e gradualmente, kits contendo máscaras da categoria N95/FFP2 e álcool em gel 70% para higienização de mãos, bolsas e guidão. Já os restaurantes, além da empresa não cobrar custo de ativação, continuarão a receber os pagamentos semanalmente para ajudar a criar uma fonte de fluxo de caixa mais confiável e imediata, mesmo em tempos incertos. Nas próximas semanas, os restaurantes parceiros receberão lacres de segurança para proteger os alimentos das partículas do ambiente durante o transporte.

Sobre a 99

A 99, empresa brasileira de tecnologia que conecta passageiros e motoristas através de seu aplicativo, faz parte da companhia global Didi Chuxing ("DiDi"). O aplicativo conecta mais de 700 mil motoristas a 18 milhões de passageiros em mais de 1.600 cidades no Brasil. Como uma das maiores provedoras de mobilidade do país, a startup oferece cinco tipos de serviços na sua plataforma: 99Pop, categoria de carros particulares presente em mais de 40 regiões metropolitanas e grandes cidades; 99Taxi, categoria que cobre todo o país; 99Top, serviço de táxis de luxo oferecido em São Paulo; 99Compartilha, serviço de corridas compartilhadas disponível em Belo Horizonte (MG) e Campinas (SP) e suspenso durante a pandemia; e o 99Comfort, que reúne comodidade de carros novos e espaçosos a um preço acessível em Porto Alegre (RS), Curitiba (PR) e São Paulo (SP).

Comentários