Indisponibilidade de recurso estadual para subvenção do seguro da produção rural preocupa agricultores


Produtores rurais de São Paulo estão apreensivos com a indisponibilidade, até o momento, dos recursos estaduais para a subvenção do seguro rural do plano Safra Verão 2020/21. Entidades representativas do setor já encaminharam ofícios à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo (SAA) solicitando esclarecimentos a respeito, mas ainda não obtiveram qualquer retorno por parte do governo paulista.

Em um dos documentos encaminhados à SAA, a Organização das Cooperativas do Estado de São Paulo (OCESP) reforça a necessidade da liberação dos recursos especialmente para esta época do ano. "O período de plantio inicia-se logo mais, em agosto. Qualquer atraso na liberação dos recursos vai dificultar a contratação do seguro e comprometer todo o investimento e a estimativa de renda dos produtores, caso ocorra algum sinistro", diz o texto assinado pelo presidente da OCESP, Edivaldo Del Grande.

O documento também reforça que a falta do seguro afeta principalmente os pequenos agricultores e suas famílias, pois estes são os mais vulneráveis às intempéries pela falta de condição financeira de arcarem com eventuais prejuízos que possam ocorrer. "Nas cooperativas agro, 80% dos cooperados são mini ou pequenos produtores rurais. Aliás, são eles que mais contribuem para movimentar as economias de suas comunidades", ressalta Del Grande.

No primeiro semestre, a SAA aplicou cerca de R﹩ 24,7 milhões no projeto. Para o segundo semestre, de acordo com a previsão orçamentária inicial para o exercício de 2020, restam mais R﹩ 25 milhões.


Texto dos Jornalistas: Marco Berringer, Edmir Nogueira e Ian Pellegrini

Comentários