Pular para o conteúdo principal

Governo de SP autoriza convênios de 418 novas moradias para a população indígena da Baixada Santista e Vale do Ribeira

Tarcísio de Freitas assina contrato - Foto: Portal do Governo SP

O Governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), firmou um documento que concede aprovação a acordos entre a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) para construir 235 residências sem ônus para as comunidade índigenas de Mongaguá, Peruíbe e Bertioga no litoral paulista, e em Eldorado, no Vale do Ribeira.


A assinatura ocorreu na última quinta-feira (7). De acordo com as informações divulgadas pelo Governo Estadual Paulista, as moradias serão construídas por meio do programa Moradia Indígena, em territórios indígenas (TIs) homologados por decreto federal e adaptados aos costumes culturais das comunidades. Cada habitação contará com dois quartos, sala, cozinha, banheiro, área de serviço e varanda.


Dentre as 258 residências oferecidas pelo plano em todo o estado, serão construídas 90 habitações na TI Rio Silveira, em Bertioga; 112 na TI Piaçaguera, em Peruíbe; 23 na TI Takuari, em Eldorado e 10 moradias na TI Aguapeu, em Mongaguá.


Moradia indígena já finalizada pela CDHU em Bertioga, nas terras indígenas do Rio Silveira. Foto: Prefeitura de Bertioga


O acordo com Bertioga contempla, no total, 120 unidades para a TI Rio Silveira, das quais 30 já foram entregues em 2022.


Na fase inicial do projeto, foram aplicados R$ 25,5 milhões provenientes do Fundo Paulista de Habitação de Interesse Social e da CDHU.


"Manteremos contato com nossa coordenação, com nossa Secretaria de Justiça e Cidadania para implementar mais políticas públicas, para oferecer mais educação, mais infraestrutura, para contribuir na área da saúde, enfim, tudo o que os nossos povos originários solicitam do Estado", declarou o governador Tarcísio de Freitas, conforme comunicado divulgado pelo governo paulista. 


“É uma honra muito grande nós podermos fazer um projeto que na verdade é um projeto de desenvolvimento humano, que mostra o respeito às pessoas, que mostra a nossa valorização pela dignidade humana e em especial das nossas comunidades indígenas do Estado de São Paulo”, afirmou o secretário de Desenvolvimento e Habitação Marcelo Branco.





Colaboração entre o governo estadual, prefeituras e FUNAI

A distribuição das novas moradias será uma iniciativa conjunta entre o governo estadual de São Paulo, as administrações municipais das cidades e a Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai). A CDHU desenvolverá os planos, contratará os serviços e entregará o empreendimento.


Já os municípios determinarão o sistema de fornecimento de água e saneamento básico, executarão a infraestrutura complementar interna e externa, além de emitir as autorizações necessárias e assegurar a acessibilidade nas áreas de execução das obras.


A FUNAI será responsável pela interlocução com as comunidades indígenas, em conjunto com a Coordenadoria de Políticas para os Povos Indígenas do Estado de São Paulo, pela administração da infraestrutura complementar de água e energia, além da concessão de autorizações e licenças, e a gestão das melhorias realizadas no empreendimento.

Cacique Ubiratã Gomes é Coordenador da FUNAI nas cidades do Litoral Sul do Estado de São Paulo e o Cacique Cristiano Kiririndju que é coordenador de Políticas para Povos Indígenas (CPPI).



Programa Moradia Indígena

Desde 2001, o programa Moradia Indígena propõe assistência habitacional às povos originárias, substituindo moradias inadequadas. O projeto já edificou 612 habitações em territórios indígenas de 11 municípios, incluindo Itanhaém, Mongaguá, Peruíbe e Bertioga, no litoral paulista, e Itariri, no Vale do Ribeira.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Peruíbe é fantástica!

Você já imaginou encontrar num mesmo local, praias, ilhas, cachoeiras, rios e um dos melhores ares do mundo, a poucos km da capital? Nossa cidade tem tudo isso e muito mais. Temos um povo acolhedor, com muita história e tradição. Comidas típicas de sabores únicos, as mais belas paisagens, diversos pontos turísticos e outras maravilhas que você só poderá desfrutar se vier nos visitar. Está esperando o que para conhecer a ‘Terra da Eterna Juventude’? #VemPraCá !

Vem aí o Peruíbe Megafest com concurso cosplay e diversas outras atrações

  Neste ano acontece mais uma edição do @peruibefest No dia 7 de abril, das 12h às 18h, você pode prestigiar o Peruíbe Megafest, um evento que trará diversas atividades para o público. O @peruibefest contará com concurso cosplay, concurso de games, KPOP, batalha campal. Além de tudo isso, o evento traz a dubladora Beatriz Meinberg, uma voz marcante e característica de diversos personagens. Para mais informações sobre ingressos, acesse @peruibefest . 07 de abril de 2024 das 12h às 18h Rua Ceará, 630 - Stella Maris

Primeiro encontro Cannábico acontece em Itanhaém "Somos Consciência da Planta" IBRACAN 2024

Aconteceu em Itanhaém, no último sábado (16), o primeiro encontro Cannábico do Litoral Sul do Estado de São Paulo, com o tema "Somos Consciência da Planta" , promovido pelo Instituto do Brasil de Apoio à Pacientes da Cannabis Terapêutica (IBRACAN) . Fizemos a cobertura jornalística e durante as doze horas de evento, pude notar que foi do começo ao fim, com muita alegria, conhecimento, arte, diversidade cultural, solidariedade, música, espiritualidade e amizade entre todos que fizeram parte deste encontro. O evento estava cheio de atrações, expositores com artesanatos, vendendo roupas de cultura cannabica, comida vegana, cachaças feitas com a planta e muitos outros. Além disso, teve palestrantes sobre o tratamento medicinal da cannabis e advogados especialistas em direito canábico. Redes Sociais dos especialistas: e palestrantes do evento @drfemourao @davimedeirosenf @cultivourbanobr @drguilhermeveigapsiq @alexandrepaivarossi @alessandra.jirardi @taisec89 @matheus_ym Na

Parque da cidade está abandonado desde quando foi inaugurado

  Um local que poderia estar sendo usado para a prática de vários esportes, realizando torneios e eventos  que poderiam também gerar renda para a cidade. Mas não, o chamado Parque da Cidade, que fica no bairro Josedy, está totalmente abandonado.     Sem segurança ou qualquer tipo de fiscalização, o local está sem portão, aberto para moradores de rua e outros invasores. A piscina está cheia de lixo, todos os vestiários estão quebrados e com os chuveiros roubados. A quadra está sem as redes, mas ainda em ótimo estado.    Mesmo em abandono, pela estrutura ser nova, da para sentir o que seria se estivesse sendo usado corretamente. A prefeitura explicou que até o mês de outubro de 2012, quando foi entregue à população pela administração anterior, o Parque da Cidade tinha 90% das obras concluídas, ou seja, foi entregue inacabado.     Quando a nova gestão assumiu a prefeitura, foi realizado um relatório fotográfico no local, registrando o vandalismo e o saqueamento do equipa

Serviços de manutenção da iluminação pública de Peruíbe possui novo telefone para atendimento

Se você precisa utilizar os serviços de reparo da iluminação pública nas ruas e avenidas de Peruíbe, ou quer saber mais detalhes sobre o funcionamento desse setor, entre em contato pelo novo número 0800-000-0209 .  A prefeitura publicou em suas redes sociais que em até 72 horas o problema será solucionado.