Magazine Luiza adquire fintech e oferece serviços bancários


A rede de lojas de varejo brasileira Magazine Luiza é uma das grandes histórias de sucesso no mundo dos negócios no Brasil, e atualmente, está em constante expansão e adaptação para otimizar seus serviços e oferecer mais opções. Agora, a Magalu confirmou a compra da Hub Fintech, passando a oferecer serviços bancários sob o nome e controle da rede Magazine Luiza.

 

O Brasil tem sido um dos países que mais adotou o conceito das fintechs, que apresentam crescimento extremamente positivo no país. Em especial durante a pandemia causada pela COVID-19, a população busca soluções mais rápidas e seguras para as tarefas diárias, assim, um banco virtual pode oferecer a facilidade de realizar todas as suas operações dentro de casa: Sem espera, sem fila, sem exposição a qualquer doença.


 

É importante destacar que os bancos virtuais e fintechs possuem uma série de medidas de segurança e, hoje em dia, não são opções perigosas para manejar o seu dinheiro. Ainda assim, é fundamental confiar suas finanças somente em empresas com uma reputação verificada, e sempre que realizar operações bancárias através da internet no computador ou celular, ativar uma VPN para impedir que hackers possam interceptar seus dados sigilosos.

 

A sigla VPN, do inglês, significa Rede Privada Virtual e pode ser uma ferramenta poderosa para a segurança digital. De forma resumida, o serviço é capaz de criar um túnel criptografado entre o dispositivo acessando os dados bancários, como seu celular, e a internet. Como a criptografia é uma técnica matemática que oculta as informações e é impossível de ser quebrada, qualquer navegação usando a VPN se torna segura contra ataques e vírus que possuem como alvo sua conexão, os sites que você visita, e os dados fornecidos pela internet.


Fintechs e bancos virtuais

O que são fintechs? Resumidamente, são empresas que usam tecnologias modernas como internet móvel, integração de dados e recursos digitais para solucionar ou otimizar problemas financeiros. Geralmente, as empresas operam de forma escalável, com pequeno custo, e soluções mais eficientes e dedicadas quando comparadas às empresas tradicionais desse setor, podendo muitas vezes serem chamadas de startups.

 

Existem diversas categorias de soluções fintech: investimentos, bancos digitais, processamento de pagamento, câmbio de criptomoedas, e por aí vai. Mas no Brasil, observamos com mais frequência o sucesso dos bancos digitais e dos cartões de crédito inteligentes.

 

Os bancos digitais funcionam usando um aplicativo para smartphone, e são capazes de oferecer uma conta corrente, poupança, investimentos, transferências, cartões de débito, e tudo o que você espera de um banco tradicional, porém sem os contratos complicados, papéis, agências, filas, e burocracias. Esse modelo de negócios combina bem com a quarentena que vivemos atualmente, e até no cotidiano normal, evita uma série de contratempos que costumamos enfrentar com as agências bancárias tradicionais.

 

Expansão da Magalu

Fundada em 1957 pelo casal Donato, a rede varejista conta hoje com mais de 1000 lojas em território nacional e uma grande estrutura digital de serviços e atendimento.  Sua expansão, em 2020, incluiu a compra do site Estante Virtual, da escola de marketing digital ComSchool, da plataforma de publicidade Inloco Media, o site de divulgação e notícias Canaltech,  e as startups AiQFome de delivery, Hubsales e Stoq.

 

O diretor do Magazine Luiza, Frederico Trajano, explicou que a aquisição da fintech irá alavancar o desenvolvimento de suas plataformas de pagamentos e serviços financeiros. Ao analisar dezenas de empresas, a Magalu tinha em mente uma empresa leve em ativos, e com acesso ao Sistema Brasileiro de Pagamentos, incluindo o novo sistema Pix.

 

O impacto das plataformas digitais nos sistemas de pagamentos promete ser uma das maiores transformações das próximas décadas. Em países como a China, a plataforma WeChat permite, apenas com um aplicativo no celular, a integração entre serviço de mensagens, pagamentos instantâneos, compartilhamento de imagens, trabalho cooperativo entre funcionários em empresas, delivery, e armazenamento de arquivos.

 

No Brasil, diversos aplicativos já oferecem cartões de crédito inteligentes ou bancos virtuais, no entanto, a possibilidade da segurança e infraestrutura da rede Magalu, além de outras estratégias de integração de produtos e acessibilidade, podem fazer com que essa seja uma oportunidade muito importante para disseminar ainda mais esse novo modelo de pagamentos para um número maior de brasileiros.

 

Para o Brasil, o avanço dos setores de tecnologia e serviços é fundamental para aumentar o valor produzido pelo país, e introduzir novidades cada vez mais transformadoras na vida da população. Veja também um guia de finanças pessoais: como montar um planejamento financeiro mensal.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por que os tubarões atacam seres humanos?

Não sou perigoso, me chamo Gildásio e preciso de sua ajuda!

Procrastinação com Qualidade